Análise: Voyee S03

Fala galera, hoje estou trazendo aqui para vocês a análise do controle Voyee S03, que pode ser uma boa escolha, custo benefício para quem está procurando um novo controle para utilizar com o seu Nintendo Switch, PC ou Android.

Aparência

Em questão de aparência o Voyee S03 claramente foi inspirado no Pro Controle do Nintendo Switch, tendo exatamente o mesmo designer até nos padrões de botões.

A carcaça do controle é feita de plástico liso que aparenta ter uma boa qualidade e seu peso total é de 185 gramas.

Para vocês terem ideia para comparação, o Dualshock 4 pesa 210 gramas e o controle de Xbox One S junto com suas pilhas fica em torno de 300 gramas. Então o Voyee S03 é realmente mais leve quando comparado com outros controles concorrentes.

Botões

Começando por seus gatilhos os botões R e L possuem um aperto bem seco, parecendo serem de micro switch, já os gatilhos RZ e LZ são bem macios e com um curso de aperto bem curto.

Uma má notícia é que os gatilhos não são analógicos, então aqui não iremos ter a função de aperto gradual.

Os analógicos são firmes e emborrachados, e os dois contém uma superfícies feita com uma borracha texturizada que entregam uma sensação muito boa de firmeza na hora de usar.

Os botões de setas são altos e entregam um aperto firme e preciso. Eles são bem macios e usam a tecnologia de membrana.

Os botões de ação Y, X, A, B tem um aperto bem barulhento, não ficam balançando e são levemente convexos, quando apertados eles entram totalmente dentro da carcaça do controle, tendo um curso bem grande de aperto.

No centro do controle nós temos o botão home, Menos, Mais e também os botão de turbo e print.

O botão turbo serve para deixarmos o botão em moto de aperto de repetição rápido.

E na parte de trás do controle temos mais dois botões extras, o M1 e M2 que podem ser configurados para ter a mesma função de qualquer outro botão do controle. Além disso, ele também pode ser configurado para ter a função de múltiplos botões ao mesmo tempo.

Bateria

Segundo a Voyee o S03 possui uma bateria de 600mAh, que segura uma autonomia de 8 horas de uso contínuo. Um ponto negativo já que outros controles na mesma faixa de preço possuem praticamente o dobro da duração desse controle.

Uma coisa muito importante que devemos levar em conta na hora de medir a duração de bateria é que este controle possui um forte sistema de vibração, o que faz com que a bateria interna dure menos.

Os motores de vibração possuem níveis de regulagem que vão de alto, médio a baixo.

Para carregar o controle vem junto na caixa um cabo USB Tipo C com 1,5 metros de comprimento, sem o carregador.

Comandos

Abaixo deixarei a lista de todas funções que o controle possui junto aos seus comandos.

ComandosFunção
Y + HomePareamento no PC e Nintendo Switch
A + HomePareamento no Android
L + LZ + R + RZAumenta e diminui a vibração
Turbo + ( X, A, B, Y, L1, L2, etc)Ativa modos de repetiçoes do Turbo.
Turbo + Seta cima ou baixoAumenta e diminui a velocidade do turbo
“-” + Seta para baixoLimpa todas as funções de turbo
O + HomeMuda de DirectInput para Xinput, o PC vai reconhecer o controle como sendo de Xbox 360.
M1 ou M2 + “+”Ativa o modo de cadastro dos botões M1 e M2
T + “-”Apaga o M1 e M2

Compatibilidade

Em questão de compatibilidade esse controle funciona no:

  • PC: Windows 7, 8 e 10.
  • Android.
  • Consoles: Nintendo Switch e Switch lite

No PC a conexão pode ser feita por cabo ou Bluetooth.

Por cabo o controle é reconhecido como sendo um controle de Xbox 360, e caso preferir você pode mudar de Xinput para Dinput com o comando (O + Home).

Já por Bluetooth o controle é reconhecido como sendo o Pro Controller do Nintendo Switch e em todos os jogos que testei (GTA, Sonic, Tomb Raider) ele só foi reconhecido mediante a ferramenta da Steam para o ajuste de compatibilidade.

Quando eu abria um jogo fora da Steam o controle não funcionava, sendo assim eu era obrigado a utilizar o “x360ce” ou outro programa similar para fazer o controle funcionar corretamente.

Eu também utilizei o controle juntamente com um receiver da 8Bitdo que o fez funcionar perfeitamente sem a necessidade de configurar mais nada.

Em emuladores de WiiU e Nintendo Switch ele foi reconhecido sem a ajuda de nenhum programa externo, nesse caso o S03 teve total compatibilidade até mesmo funcionando o sensor de movimento.

No Android o controle funcionou perfeitamente em todos os jogos que possuíam suporte a gamepad.

Caixa

Dentro da caixa além do controle também vieram um manual e um cabo USB Tipo C de 1,5 metros de comprimento.

Considerações finais

Aprovo e indico o Voyee S03 somente se vocês conseguirem encontrá-lo por menos de 100 reais, isso pois o controle peca em alguns recursos básicos. Se o controle estiver acima de 100 reais compensa mais comprar o Gamesir T4 Pro que possui todas as funcionalidades desse e muito mais.

Vídeo análise

Deixo aqui embaixo o link da loja oficial da Voyee no AliExpess:

Voyee S03

Nota do Voyee S03
8 10 0 1
Aqui temos a pontuação final de acordo com toda a nossa experiência com o controle
O CODORÇO recomenda este controle!
8/10
Total Score iRecomendado!
  • Qualidade de construção
    9/10 Incrível
    - Boa qualidade de construção.
  • Compatibilidade
    8/10 Muito bom
    - PC Windows, Android e Nintendo Switch.
  • Funcionalidade
    8/10 Muito bom
    - Exerce sua função projetada perfeitamente no Nintendo Switch porem no PC deixa a desejar.
  • Bateria
    6/10 Normal
    - 600 mAh com duração de 7 a 8 horas de uso continuo.
  • Conforto
    8/10 Muito bom
    - Pegada muito confortável, porem o controle e bem liso.
  • Botões
    8/10 Muito bom
    - Os gatilhos poderiam ser analógicos de aperto gradual.
  • Preço
    10/10 Perfeito
    - R$: 90 a 100 Reais (10/22)

Prós

  • Multiplataforma.
  • Controle de vibração.
  • Preço.
  • Sensor giroscópio.
  • Tem botões extras traseiros

Contras

  • Não tem analógicos de pressão.
  • No PC só funciona corretamente utilizando softwares para ajustar a compatibilidade.
  • Contém duração de apenas 8 horas.
Imagem padrão
Codorço
Jornalistas - Redator na Gamevicio.com Streamer e Youtuber nas horas vagas
Artigos: 15

Deixar uma resposta